25 de mar de 2010

M A I S ... 10 ... com MORAL da HISTORIA

COMPARTILHANDO INFORMAÇÕES
=> Um homem entra no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair dele e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho Juca em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, ele diz: - Eu lhe dou 800 reais se você deixar cair esta toalha" !!! Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a
toalha cair e fica nua na sua frente. Juca então entrega a ela os 800 reais prometidos e vai embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro: - Quem era ???"
-" Era o Juca, o vizinho da casa ao lado." - diz ela ..
- Ótimo !!! Ele lhe deu os 800 reais que ele estava me devendo ???
= > Moral da história: Se você compartilha informações a tempo você pode prevenir exposições desnecessárias !!!

PERDENDO OPORTUNIDADES
= > Um seminarista está dirigindo por uma estrada quando um vê uma linda paroquiana em pé no acostamento. Ele para e oferece uma carona que a ela aceita. Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas pernas. O seminarista se descontrola e quase bate com o carro. Depois de conseguir controlar o carro e evitar o acidente ele não resiste e coloca a mão na perna dela. A senhora o ha para ele e diz: --- Irmão... lembre-se do Salmo 129 !!! " ...
Ele sem graça se desculpa: --- Desculpe Irmã, a carne é fraca " ...E vai tirando a mão da perna dela. Mais uma vez ela diz: --- Querido Irmão... lembre-se do Salmo 129 !!! " .
Chegando próximo de casa, ela agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro. Assim que chega a uma igreja o seminarista corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz: "Vá em frente, persista, mais acima você vai encontrar a glória.
= > Moral da História: Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, você pode perder grandes oportunidades !!!

PALAVRA DE CHEFE
= >  Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e numa das ruas encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio. O gênio diz: -
- Como eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês !!!
- Eu primeiro, eu primeiro." grita um dos funcionários " Eu quero estar nas Bahamas
dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida " ....Puf -- e lá se foi o cara.... O outro funcionário também se apressa a fazer o seu pedido:
- Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas !!! " ...Puff . . . e ele se foi .... - Agora você " - diz o gênio para o gerente ..
- Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião !!! " .
= > Moral da História: Deixe sempre o seu chefe falar primeiro !!!

SENTADO SEM FAZER NADA 
= > Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada.Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta:
- Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro ??? " O corvo responde: " Claro, porque não ??? " .
O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.
= > Moral da História: Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar sentado bem no alto !!!

ASSIM QUE O SOL NASCE. . .
=> Na África todas manhãs uma gazela acordava sabendo que ela deveria conseguir correr mais do que o leão se quisesse se manter viva. Todas as manhãs o leão acordava sabendo que deveria correr mais do que a gazela se não quisesse morrer de fome.
= > Moral da História: Não faz diferença se você é gazela ou leão, quando o sol nascer você deve começar a correr...

TOLERÂNCIA:
=>  Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente, quando vê um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado. Ele se vira para o chinês e pergunta:
- Desculpe, mas o senhor acha mesmo que o seu defunto virá comer o arroz?
E o chinês responde: -- Sim, logo depois que o seu vier cheirar as suas flores!
=>  Moral da História: "Respeitar as opções do outro, em qualquer aspecto, é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter. As pessoas são diferentes, agem diferente e pensam diferente.
"Portanto, como vc já percebeu é melhor evitar julgamentos .. e apenas tentar compreender... - que tal ?

O    M O T E L
=>  Oi Lurdes ... -- Viram teu marido entrando num motel. A “Lurdes” abriu a boca e arregalou os olhos.
Ficou assim, uma estátua de espanto, durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.
-Quando? Onde? Com quem? --- - Ontem. No Discretíssimu's.
- Com quem? Com quem? --- - Isso eu ainda não descobri.
- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Puxava de uma perna? Estava mais bonita que eu?
- Não sei, Lu, mas vou perguntar por aí. --- - Carlos Alberto me paga. Ah, se me paga.
Quando o Carlos Alberto chegou em casa a Lurdes anunciou que iria deixá-lo e contou por quê.
- Mas que história é essa, Lurdes? Você bem sabe quem era a mulher que estava comigo no motel? Era você!
- É... Maldita hora que aceitei. Discretíssimu's! Toda a cidade ficou sabendo. Ainda bem que não me identificaram.
- Pois então? --- Pois então, que eu tenho que deixar você. Não vê? É o que todas as minhas amigas esperam que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não reagir.
- Mas você não foi enganada. Quem estava comigo era você! --- - Mas elas não sabem disso!
- Eu não acredito, Lurdes! Você vai desmanchar nosso casamento por isso? Por uma convenção? --- - Vou!
Mais tarde, quando a Lurdes estava saindo de casa, com as malas, o Carlos Alberto a interceptou. Estava sombrio:
- Acabo de receber um telefonema - disse. - Era o Dico. --- - O que ele queria?
- Fez mil rodeios, mas acabou me contando. Disse que, como meu amigo, tinha que contar. --- - O quê?
- Você foi vista saindo do motel Discretíssimu's ontem, com um homem. --- - O homem era você!
- Eu sei, mas eu não fui identificado. --- - Você não disse que era você?
- O que? Para que os meus amigos pensem que eu vou a motel com a minha própria mulher? --- - E então?
- Me desculpe, minha querida, mas.. --- - O quê???
- Vou ter que te dar uma surra... (Luiz Fernando Veríssimo)
=> Moral da história : "Devemos cuidar apenas da nossa saúde, porque da nossa vida, todo mundo cuida."

PERDENDO A CABEÇA
=>  Certo dia alguém ao passar por uma estrada de ferro viu uma formiga SAUVA, sem a bunda, e chorando desesperadamente. Então esse alguém lhe perguntou: - Que aconteceu dona formiga? - Eu estava descansando sentada no trilho, quando veio um trem e cortou a minha bunda, respondeu a formiga. Então esse alguém deu-lhe uma sugestão: - Volta lá e procura a sua bunda, quem sabe ela está lá ainda inteira e você consiga enxertá-la novamente. - A formiga então voltou e começou a andar pelos trilhos, quando veio um outro trem, e este então passou por cima de sua cabeça. 
=>  Moral da História: "Você pode perder a cabeça por causa de uma bunda."

OUTRA DA FORMIGA
=>  Um certo dia uma formiguinha estava atolada na areia movediça, quase morrendo. O elefante avista a cena e tenta a todo custo salvá-la. Joga a pata e ela não consegue alcança-la. Joga a tromba e nada. Joga o rabinho e nada... Então ele pensou: Vou jogar a maior parte do meu corpo: o meu pintão. Dito e feito: o elefante jogou seu pintão e a formiguinha foi escalando, escalando e salvou-se, ficando eternamente grata ao elefantinho. Muito tempo se passou, a formiguinha foi para Wall Street, ganhou dinheiro na bolsa, ficou milionária e pensou:- -"Vou visitar os parentes". --- Pegou então sua Cherokee e saiu pilotando por ai. Eis que avista o elefante na mesma cena em que um dia ela se encontrava: atolado na areia movediça. Foi lá avidamente salvar seu amiguinho. Jogou a patinha e nada de alcançar o elefantinho. Jogou a bundinha e nada. Jogou a anteninha e nada .. Correu para sua Cherokee e pegou seu enorme cabo de aço, jogou para o elefante, amarrou-o e saiu acelerando, salvando finalmente seu amiguinho.
=>  Moral da história: "Quem tem carro importado não precisa ter pinto grande."

O QUANTO SOMOS CAPAZES
=>  Um milionário promove uma festa em uma de suas mansões e, em determinado momento, pede que a música pare, e diz, olhando para a piscina onde cria crocodilos australianos: - Quem pular na piscina, conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhará todos os meus carros. Alguém se habilita?
Espantados, os convidados permanecem em silêncio e o milionário insiste:
- Quem pular na piscina, conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhará meus carros e meus aviões. Alguém se habilita?
O silêncio impera e, mais uma vez, ele oferece:
- Quem pular na piscina, conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhará meus carros, meus aviões e minhas mansões. Neste momento, alguém salta na piscina. A cena é impressionante.
Luta intensa, o destemido se defende como pode, segura a boca dos crocodilos
com pés e mãos, torce o rabo dos répteis. Nossa!!! Muita violência e emoção.
Parecia filme do Crocodilo Dundee! Após alguns minutos de terror e pânico, sai o corajoso homem, cheio de arranhões, hematomas e quase despido. O milionário se aproxima, parabeniza-o e pergunta:
- Onde deseja que seja lhe entregue os carros? - Obrigado, mas eu não quero seus carros.
Surpreso, o milionário pergunta: - E os aviões, onde quer que lhe entregue?
- Obrigado, mas não quero seus aviões.
Estranhando a reação do homem, o milionário pergunta: - E as mansões?
- Eu tenho uma bela casa, não preciso das suas. Pode ficar com elas. Não quero nada que é seu.
Impressionado, o milionário pergunta: - Mas, se você não quer nada do que ofereci, o que quer então?
E o homem respondeu, irritado: - QUERO APENAS ACHAR O "DESGRAÇADO" QUE ME EMPURROU NA PISCINA!
=>  Moral da História: somos capazes de realizar muitas coisas nas quais, por vezes, nós mesmos não acreditamos e, para concretizá-las, precisamos apenas de um empurrãozinho.

Nenhum comentário: